Comparando RAID-1, RAID-5 e RAID-10 com Seagate® Ironwolf

Seagate Storage Solution Provider

A forma mais prática de otimizar a performance de I/O é através de um volume RAID.
Esses volumes atingem elevadas capacidades, otimizam o desempenho de I/O e promovem a segurança através de redundância.

Para ilustrar as diferentes performances que podem ser atingidas em volumes RAID, montamos uma configuração base para de testes :

:: Placa mãe de servidor Gigabyte® C246M-WU4;
:: Processador Intel® Xeon® E2146G (4-Core @ 3.5Ghz com tecnologia HT);
:: 128GB de RAM (populadas através de 4 módulos Kingston® DDR4 de 32GB cada);
:: Até 04 Discos Rígidos Seagate® Ironwolf ST16000VN001 (16TB cada)
:: Fonte de 500W com PFC Ativo

Para montagem dos volumes foram usados de 1 a 4 discos rígidos de mesmo modelo, Seagate® Ironwolf ST16000VN001 (SATA, 7200RPM, 256MB de Cache).

Preservando a mesma configuração de servidor como base para todos os testes, foram desenvolvidos seis cenários de volume / desempenho:
:: Disco único (sem RAID)
:: 02 HDs em RAID-1 (espelho)
:: 02 HDs em RAID-0 (striping)
:: 03 HDs em RAID-5 (paridade distribuída)
:: 04 HDs em RAID-5 (paridade distribuída)
:: 04 HDs em RAID-10 (volume distribuído + espelho)


Seagate Certification Program

Sem RAID, usando apenas 1 HD
Empregando apenas 01 disco rígido, sem RAID, o servidor atingiu uma taxa de transferência média de 236MB/s e 231MB/s.

ST16000VN001 sem RAID

RAID-0 (striping), usando 2 HDs
A configuração de RAID-0 tem alvo em desempenho e capacidade, sem qualquer segurança.
Nessa montagem o volume soma a capacidade das duas unidades (32TB) e atinge taxas de transferência de 461MB/s e 455MB/s, demonstrando um incremento de 96% sobre a unidade nominal.

2x ST16000VN001 em RAID-0

RAID-1 (espelho), usando 2 HDs
Como a segurança dos dados é fator primordial, a configuração de RAID mais difundida é o espelhamento (mirroring). Através do RAID em nível 1 a capacidade corresponde a apenas uma unidade, pois cada HDD espelha-se sobre o segundo.
Mesmo com a duplicação dos dados visando segurança, o volume atinge taxas de transferência de 229MB/s e 225MB/s, demonstrando uma discreta perda de 3% sobre a unidade nominal, ônus da dupla gravação de dados.

2x ST16000VN001 em RAID-1

RAID-5 (paridade distribuída), usando 3 HDs
A paridade distribuída espalha o conteúdo de 2 unidades ao longo de 3, assegurando que qualquer unidade que venha a falhar não afete a integridade dos dados totais do volume.
Em RAID nível 5 o volume atingirá 32TB (correspondente a 2 HDDs) e exibe taxas de transferência de 414MB/s e 130MB/s, demonstrando um incremento de 75% na leitura e uma redução de 44% face a unidade nominal.

3x ST16000VN001 em RAID-5

RAID-5 (paridade distribuída), usando 4 HDs
Acrescentando-se mais uma unidade ao volume, o arranjo RAID-5 espalha o conteúdo de 3 unidades ao longo de 4, atingindo 48TB (correspondente a 3 HDDs) e exibindo taxas de transferência de 651MB/s e 142MB/s, demonstrando um incremento de 175% na leitura e uma perda de 39% face a unidade nominal.

4x ST16000VN001 em RAID-5

RAID-10 (espelho + distribução), usando 4 HDs
Finalmente, agregando 04 HDDs em RAID nível 10, consegue-se combinar segurança e performance! 
O volume é montado através de 4 discos, onde são vistos 2 volumes espelhados e, sobre esses 2 volumes, um nível 0 (stripe), combinando o desempenho dos 2 volumes.
Em RAID-10, cria-se uma matriz com a capacidade de 02 HDDs, espelhados sobre outros 02 HDDs,  portanto, 32TB (abre-se mão de metade dos discos em troca de performance e confiabilidade).
Nessa configuração o volume atingiu taxas de transferência de 394MB/s e 444MB/s, ou seja, são percebidos incrementos de 67% a 92% sobre a unidade nominal e 72% a 97% sobre o volume espelhado

4x ST16000VN001 em RAID-10

Conclusão
O propósito dessa postagem é apresentar uma solução acessível e ágil de performance, uma vez que os volumes podem ser criados com a própria controladora onboard.
Volumes com custo altamente eficiente em comparação a unidades SATA 10k, SAS 15k ou SSD.
É possível assegurar alta segurança dos dados, já que o RAID-10 embarca a segurança do nível 1 (espelhamento), com desempenho de RAID-0.

Volume RAID-10

Postagens relacionadas:
Visite Sinco.net

15 de Agosto: Dia Mundial da Informática

Dia da Informática

Em 15 de agosto profissionais da tecnologia de todo o mundo celebram o Dia da Informática.
A data marca o dia em que John Eckert e John Mauchly apresentaram o ENIAC, aquele que seria o primeiro equipamento eletrônico chamado de computador no mundo.

Acrônimo de Electronic Numerical Integrator Analyzer and Computer, o ENIAC tinha capacidade de processamento de 5 mil operações por segundo, possuía 17.468 válvulas termiônicas, pesava aproximadamente 30 Toneladas e consumia 160KWH!

15 de Agosto: Dia Mundial da Informática

Visite Sinco.net

Diferenças entre processadores Intel® Xeon® e Intel® Core

Diferenças entre processadores Intel® Xeon® e Intel® Core

Comumente usuários questionam quais as diferenças entre as linhas Intel® Core e Intel® Xeon®.

É importante ressaltar que ambas compartilham as micro-arquiteturas Intel® e, por isso, processadores com nomenclaturas diferentes são apresentados para os mesmos soquetes.
A vantagem de operarem sobre o mesmo soquete é que há linhas Intel® Xeon® que permitem operar em plataformas não-Server (no caso de desktops robustos e Workstations, por exemplo).

Por serem plataformas que, na origem do projeto, foram desenvovidas para uso em servidores, as diferenças mais notórias dos processadores Xeon® são:

Processadores Xeon® Escaláveis (Bronze, Silver, Gold e Platinum) e Xeon® E5/E7  permitem sistemas bi-processados (processadores Core não permitem paralelismo);

Processadores Xeon® têm chipsets específicos para servidores. As ServerBoards, sejam essas mono, dual ou 4-Way (para 1, 2 e até 4 processadores simultâeos) são fabricadas com suporte e compatibilidade a esses chipsets, otimizando I/O, tráfego de rede e recursos como gerenciamento e RAID;

Processadores Xeon® têm mais sensorização térmica que seus aparentados Core (isso permite que monitorem e se ajustem a um regime mais severo de uso, uma vez que servidores operam 24x7).

Processadores Xeon® têm suporte a memórias com ECC (recurso de correção de erros que impede travamentos e colapso do servidor). Em muitas plataformas, mesmo memórias sem ECC podem ser agrupadas em paridade distribuída e simularem o recurso ECC de forma muito semelhante ao "RAID-5", só que nos chips;

Além dos aspectos técnicos, o pós-venda também se diferencia, pois a garantia dos processadores Xeon® é tratada de maneira avançada/antecipada.
Enquanto a linha Core segue o regime de garantia convencional (o processador com defeito é enviado à Intel® e aguarda a troca), já a linha Xeon® possui garantia avançada/antecipada (uma vez aberto o chamado, a Intel® envia um processador para troca e, somente depois de trocado, é realizada a devolução do processador com defeito).

Há, também, distinções na qualificação e certificação de pré-venda:
Empresas especializadas em Servidores e Workstations têm acesso a um programa de qualificação para integração de equipamentos com processadores Xeon®.
Já a linhas Core (i3 / i5 / i7 / i9), por serem destinadas ao uso doméstico, dependem apenas da qualificação do integrador; não havendo um conteúdo programático específico para especialistas em desktops.

Visite Sinco.net

Referências de Consumo para Servidores Dual Xeon® Scalable 4214R

Referências de Consumo para Servidores Dual Xeon® Scalable 4214R

Apresentamos as referências de consumo para Servidores Sawtooth de Segunda Geração baseados nos processadores Intel® Xeon® Scalable (10-Core / 12-Core / 14-Core / 28-Core com HT).

Além de servir como referência para custos de propriedade, essa informação é fundamental para que o gestor possa dimensionar adequadamente um nobreak, a própria rede elétrica, além de ser uma informação cobrada pelos principais datacenters do país. Lamentavelmente essa referência de consumo é muitas vezes omitida pelos principais fabricantes do mercado brasileiro.

Referências de Consumo para Servidores Dual Xeon® Scalable 4214R


Servidores Sawtooth Xeon Scalable

Seguindo a metodologia adotada em ensaios anteriores (ao final dessa postagem publicamos os links para os testes de outras configurações), arbitramos uma configuração e medimos o consumo máximo alcançado pelo sistema completo - com 100% de uso de CPU e varredura total dos discos (em simultâneo ao uso de CPU).

Para medição usamos o Kill-a-Watt Powermeter P4400

Para estressar a CPU rodamos o Intel Processor Diagnostic Tools 4.1.5.37 64Bit e , em simultâneo , excitamos o uso dos discos rígidos com o CrystalDisk Mark 8.0.1.

Alertamos para o fato de que essa carga de trabalho é artificial - uma vez que seria raro um usuário demandar 100% de uso durante as 24 horas do dia - todavia, é uma referência de custo mensal com energia.

Referências de Consumo para Servidores Dual Xeon® Scalable 4214R

Configuração BASE
Arbitramos como configuração base a seguinte configuração:
  • Placa Intel® S2600STBR (Sawtooth Refresh)
  • 02 Processadores Intel® Xeon® Scalable 4214R (Cascade Lake)
  • 12-Core | 24-Threads (Clock nominal @ 2.40 GHz / TurboMAX 3.50 GHz)
  • 512 GB de RAM (populados através de 16 módulos de 32GB Kingston® DDR4/2666)
  • 02 (Dois) SSDs Kingston® Enterprise DC-450R de 960GB em RAID-1
  • 02 (Dois) Hard Disks Seagate® Skyhawk 8TB, Série VX, em RAID-1
  • Fonte PFC Ativo 80+ de 600W
  • Sistema Operacional Windows Server 2016 Standard
Referências de Consumo para Servidores Dual Xeon® Scalable 4214R


Simulando carga de trabalho:
Chamamos de Consumo Leve a medição obtida durante o ensaio sob navegação em páginas Web, sem qualquer aplicativo adicional rodando em segundo plano.
Chamamos de Consumo Máximo a medição obtida enquanto os processadores são estressados (uso intenso de CPU) com o auxílio do programa Intel Processor Diagnostic Tools 64Bit em simultâneo à execução do CrystalDisk Mark 6.0.2. exigindo uso dos discos rígidos.


 Consumo Leve alcançado: 94 Watts 
 Consumo Máximo alcançado: 379 Watts 


Servidores Sawtooth com Xeon Scalable

Arbitrando o uso constante pelo consumo de PICO, e atribuindo o custo de R$ 1,08 por KWH da Light (distribuidora aqui no Rio de Janeiro - valor comercial com impostos inclusos, em Junho de 2021), teremos:


 Em regime 24/7: em 30 dias teremos R$ 294,72 
 Em regime 12/5 (dias úteis, das 08 às 20hs), em 22 dias úteis teremos R$ 108,06 


Esperamos que essas informações ajudem na decisão de compra do seu servidor.
Abaixo publicamos outras medições com modelos variados:

Referências de Consumo para Servidores Dual Xeon® Scalable 4214R
Referências de Consumo para Servidores Xeon® E5-2690
Referências de Consumo para Servidores Xeon® E-2176G
Referências de Consumo para Servidores Xeon® E5-2670

Referências de Consumo para Servidores Xeon® E5-2640
Referências de Consumo para Servidores Dual Xeon® Scalable 6238R
Referências de Consumo para Servidores Dual Xeon® Scalable 6240
Referências de Consumo para Servidores Xeon® E-2226G
Referências de Consumo para Servidores Xeon® E-2146G
Referências de Consumo para Servidores Dual Xeon® Scalable 6140
Referências de Consumo para Servidores Dual Xeon® Scalable 4116
Referências de Consumo para Servidores Dual Xeon® Scalable Sawtooth
Referências de Consumo para Servidores Dual Xeon® E5-2600V4 Cottonwood Pass V4
Referências de Consumo para Servidores Xeon® E3-1200V5 Silver Pass
Referências de Consumo para Servidores Dual Xeon® E5-2600V3 Cottonwood Pass V3
Referências de Consumo para Servidores Xeon® E3-1271V3 Rainbow Pass
Referências de Consumo para Servidores Dual Xeon® E5-2600V2 Canoe Pass V2
Referências de Consumo para Servidores Xeon® E3-1230V3 Rainbow Pass
Referências de Consumo para Servidores Xeon® E3-1200V2 Beartooth Pass
Referências de Consumo para Servidores Xeon® E3-1200 Sandy Bridge
Referências de Consumo para Servidores de Virtualização
Referências de Consumo para Servidores de Storage
Referências de Consumo para Servidores Xeon 7400
Referências de Consumo para Servidores Xeon 3400
Referências de Consumo para Servidores Xeon 5500
Referências de Consumo para Servidores Xeon 3300
Referências de Consumo para Servidores Xeon 5400

Referências de Consumo para Servidores Xeon® E5-2690 (8-Core / 16-Threads)

Referências de Consumo para Servidores Xeon® E5-2690
 
Apresentamos as referências de consumo para Servidores Seminovos baseados nos processadores Intel® Xeon® E5-2690 (8-Core / 16-Threads HT).

Além de servir como referência para custos de propriedade, essa informação é fundamental para que o gestor possa dimensionar adequadamente um nobreak, a própria rede elétrica, além de ser uma informação cobrada pelos principais datacenters do país. Lamentavelmente essa referência de consumo é muitas vezes omitida pelos principais fabricantes do mercado brasileiro.
 
Referências de Consumo para Servidores Xeon® E5-2690 (8-Core / 16-Threads)

Servidores Seminovos Xeon E5

Seguindo a metodologia adotada em ensaios anteriores (ao final dessa postagem publicamos os links para os testes de outras configurações), arbitramos uma configuração e medimos o consumo máximo alcançado pelo sistema completo - com 100% de uso de CPU e varredura total dos discos (em simultâneo ao uso de CPU).

Para medição usamos o Kill-a-Watt Powermeter P4400


Para estressar a CPU rodamos o Intel Processor Diagnostic Tools 4.1.5.37 64Bit e , em simultâneo , excitamos o uso dos discos rígidos com o CrystalDisk Mark 8.0.1.


Alertamos para o fato de que essa carga de trabalho é artificial - uma vez que seria raro um usuário demandar 100% de uso durante as 24 horas do dia - todavia, é uma referência de custo mensal com energia.
 
 
Referências de Consumo para Servidores Xeon® E5-2690 (8-Core / 16-Threads)

Configuração BASE
Arbitramos como configuração base a seguinte configuração:
  • Processador Intel® Xeon® E5-2690 (Sandy Bridge EP)
  • 8-Core | 16-Threads (Clock nominal @ 2.90 GHz / TurboMAX 3.80 GHz) 
  • 32 GB de RAM (populados através de 4 módulos de 8GB DDR3 ECC Reg)
  • SSD Kingston® Enterprise DC-450R de 960GB
  • Fonte PFC Ativo 80+ de 500W
  • Sistema Operacional Windows Server 2016 Standard 

Referências de Consumo para Servidores Xeon® E5-2690 (8-Core / 16-Threads)

Simulando carga de trabalho:
Chamamos de Consumo Leve a medição obtida durante o ensaio sob navegação em páginas Web, sem qualquer aplicativo adicional rodando em segundo plano.
Chamamos de Consumo Máximo a medição obtida enquanto os processadores são estressados (uso intenso de CPU) com o auxílio do programa Intel Processor Diagnostic Tools 4.1.5.37 em simultâneo à execução do CrystalDisk Mark 8.0.1. exigindo uso dos discos.


 Consumo Leve alcançado: 69 Watts 
 Consumo Máximo alcançado: 198 Watts 


Referências de Consumo para Servidores Xeon® E5-2690

Arbitrando o uso constante pelo consumo de PICO, e atribuindo o custo de R$ 1,08 por KWH da Light (distribuidora aqui no Rio de Janeiro - valor comercial com impostos inclusos, em Maio de 2021), teremos:


 Em regime 24/7: em 30 dias teremos R$ 153,96 
 Em regime 12/5 (dias úteis, das 08 às 20hs), em 22 dias úteis teremos R$ 56,45

Baixo Consumo de Energia

Esperamos que essas informações ajudem na decisão de compra do seu servidor.
Abaixo publicamos outras medições com modelos variados:

Referências de Consumo para Servidores Xeon® E5-2690
Referências de Consumo para Servidores Xeon® E-2176G

Referências de Consumo para Servidores Xeon® E5-2670
Referências de Consumo para Servidores Xeon® E5-2640
Referências de Consumo para Servidores Dual Xeon® Scalable 6238R
Referências de Consumo para Servidores Dual Xeon® Scalable 6240
Referências de Consumo para Servidores Xeon® E-2226G
Referências de Consumo para Servidores Xeon® E-2146G
Referências de Consumo para Servidores Dual Xeon® Scalable 6140
Referências de Consumo para Servidores Dual Xeon® Scalable 4116
Referências de Consumo para Servidores Dual Xeon® Scalable Sawtooth
Referências de Consumo para Servidores Dual Xeon® E5-2600V4 Cottonwood Pass V4
Referências de Consumo para Servidores Xeon® E3-1230V3 Rainbow Pass
Referências de Consumo para Servidores Xeon® E3-1200V2 Beartooth Pass
Referências de Consumo para Servidores Xeon® E3-1200 Sandy Bridge
Referências de Consumo para Servidores de Virtualização
Referências de Consumo para Servidores de Storage
Referências de Consumo para Servidores Xeon 7400
Referências de Consumo para Servidores Xeon 3400
Referências de Consumo para Servidores Xeon 5500
Referências de Consumo para Servidores Xeon 3300
Referências de Consumo para Servidores Xeon 5400

Referências de Consumo para Servidores Xeon® E-2176G

Referências de Consumo para Servidores Xeon® E-2176G
 
Apresentamos as referências de consumo para Servidores baseados nos processadores Intel® Xeon® E-2176G (6-Core / 12-Threads HT).

Além de servir como referência para custos de propriedade, essa informação é fundamental para que o gestor possa dimensionar adequadamente um nobreak, a própria rede elétrica, além de ser uma informação cobrada pelos principais datacenters do país. Lamentavelmente essa referência de consumo é muitas vezes omitida pelos principais fabricantes do mercado brasileiro.
 
Referências de Consumo para Servidores Xeon® E-2176G

Servidores Xeon E

Seguindo a metodologia adotada em ensaios anteriores (ao final dessa postagem publicamos os links para os testes de outras configurações), arbitramos uma configuração e medimos o consumo máximo alcançado pelo sistema completo - com 100% de uso de CPU e varredura total dos discos (em simultâneo ao uso de CPU).

Para medição usamos o Kill-a-Watt Powermeter P4400


Para estressar a CPU rodamos o Intel Processor Diagnostic Tools 4.1.5.37 64Bit e , em simultâneo , excitamos o uso dos discos rígidos com o CrystalDisk Mark 8.0.1.


Alertamos para o fato de que essa carga de trabalho é artificial - uma vez que seria raro um usuário demandar 100% de uso durante as 24 horas do dia - todavia, é uma referência de custo mensal com energia.
 
Referências de Consumo para Servidores Xeon® E-2176G

Configuração BASE
Arbitramos como configuração base a seguinte configuração:
  • Placa Mãe de Servidor C246M-WU4
  • Processador Intel® Xeon® E-2176G (6-Core HT / 12-Threads @ 3.70GHz)
  • 128 GB de Memória RAM (populados através de 4 módulos de 32GB DDR4/ECC)
  • 02 (Dois) SSDs Kingston® Enterprise DC-450R de 960GB em RAID-1
  • 02 (Dois) Hard Disks Seagate® Skyhawk 4TB, Série VX, em RAID-1
  • Fonte PFC Ativo 80+ de 500W
  • Sistema Operacional Windows Server 2016 Standard 

Referências de Consumo para Servidores Xeon® E-2176G

Simulando carga de trabalho:
Chamamos de Consumo Leve a medição obtida durante o ensaio sob navegação em páginas Web, sem qualquer aplicativo adicional rodando em segundo plano.
Chamamos de Consumo Máximo a medição obtida enquanto os processadores são estressados (uso intenso de CPU) com o auxílio do programa Intel Processor Diagnostic Tools 4.1.5.37 em simultâneo à execução do CrystalDisk Mark 8.0.1. exigindo uso dos discos.


 Consumo Leve alcançado: 38 Watts 
 Consumo Máximo alcançado: 146 Watts 


Referências de Consumo para Servidores Xeon® E-2176G

 
 Arbitrando o uso constante pelo consumo de PICO, e atribuindo o custo de R$ 1,08 por KWH da Light (distribuidora aqui no Rio de Janeiro - valor comercial com impostos inclusos, em maio de 2021), teremos:


 Em regime 24/7: em 30 dias teremos R$ 113,53 
 Em regime 12/5 (dias úteis, das 08 às 20hs), em 22 dias úteis teremos R$ 41,62

Baixo Consumo de Energia

Esperamos que essas informações ajudem na decisão de compra do seu servidor.
Abaixo publicamos outras medições com modelos variados:

Referências de Consumo para Servidores Xeon® E-2176G
Referências de Consumo para Servidores Xeon® E5-2670

Referências de Consumo para Servidores Xeon® E5-2640

Referências de Consumo para Servidores Dual Xeon® Scalable 6238R
Referências de Consumo para Servidores Dual Xeon® Scalable 6240
Referências de Consumo para Servidores Xeon® E-2226G
Referências de Consumo para Servidores Xeon® E-2146G
Referências de Consumo para Servidores Dual Xeon® Scalable 6140
Referências de Consumo para Servidores Dual Xeon® Scalable 4116
Referências de Consumo para Servidores Dual Xeon® Scalable Sawtooth
Referências de Consumo para Servidores Dual Xeon® E5-2600V4 Cottonwood Pass V4
Referências de Consumo para Servidores Xeon® E3-1200V5 Silver Pass
Referências de Consumo para Servidores Dual Xeon® E5-2600V3 Cottonwood Pass V3 Referências de Consumo para Servidores Xeon® E3-1230V3 Rainbow Pass
Referências de Consumo para Servidores Xeon® E3-1200V2 Beartooth Pass
Referências de Consumo para Servidores Xeon® E3-1200 Sandy Bridge
Referências de Consumo para Servidores de Virtualização
Referências de Consumo para Servidores de Storage
Referências de Consumo para Servidores Xeon 7400
Referências de Consumo para Servidores Xeon 3400
Referências de Consumo para Servidores Xeon 5500
Referências de Consumo para Servidores Xeon 3300
Referências de Consumo para Servidores Xeon 5400

Domínio Sinco.net completa 24 anos

Domínio SINCO.NET completa 24 anos

Registrado em 20 de Maio de 1997, em 2021 nosso domínio Sinco.net completa 24 anos!
Parece que foi ontem!

Domínio SINCO.NET completa 24 anos

Que venham mais 24!

Domínio SINCO.NET completa 24 anos

Visite Sinco.net

17/05 - Dia Mundial da Internet

Dia Mundial da Internet

Desde 2006, no dia 17 de Maio se comemora o Dia Mundial da Internet.
A data foi estabelecida pela ONU em janeiro de 2006 e é também conhecida como Dia Mundial das Telecomunicações e da Sociedade de Informação.

Damos nossos mais sinceros parabéns a todos que fazem parte dos bastidores desse mundo espetacular.

Profissionais que se dedicam à inovação, levando acesso aos mais remotos municípios brasileiros, enfrentando os mais diversos desafios, como ausência de infraestrutura, custos elevadíssimos, tributação hostil, instabilidades dos sistemas, dificuldades com mão de obra e tantos outros.

Parabéns a cada um de vocês!
Visite Sinco.net

Dica: Ativação do Windows Server® 2019 via prompt de comando

Dica: Ativação do Windows Server® 2019 via prompt de comando

Uma maneira bem dinâmica para ativar o Windows Server® 2019 é via CMD (prompt de comando).

O procedimento se dá em 2 partes: a instalação e a ativação da chave.

Com a chave original legível (os usuários que adquiriram nossa versão OEM têm essa informação na Nota Fiscal, bem como na mídia original que acompanha o Windows Server), basta evocar o Prompt de Comando como Administrador (elevado) e executar a linha de comando abaixo, substituindo xxxxx-xxxx-xxxx-xxxx-xxxx pela chave oficial:

slmgr.vbs /ipk xxxxx-xxxx-xxxx-xxxx-xxxx

A confirmação da instalação exibirá a mensagem “Chave do produto (Product Key) xxxxx instalada com êxito

Uma vez a chave instalada, basta ativar o sistema, através do comando:

slmgr.vbs /ato

Retornará a mensagem “Produto ativado com êxito

Caso o administrador queira confirmar o status da ativação, basta executar:

slmgr.vbs /dlv

A tela exibida trará as informações sobre o sistema e sua ativação.
Em Status da Licença deve constar “Licenciado“ (como no exemplo abaixo)
Um status diferente de “Licenciado“ significa que o procedimento não funcionou corretamente!

Dica: Ativação do Windows Server® 2019 via prompt de comando

Outra forma de verificação do status do sistema é via Painel de Controle:

Painel de Controle > Sistema e Segurança > Sistema

Essa foi mais uma dica do parceiro Paulo Santanna: Ativando Servidores com Windows Server 2019 via prompt de comando

Visite Sinco.net